8 de ago de 2007

Mudar ou Continuar?

Existem momentos em nossa vida em que não conseguimos achar uma saída. Parece que tudo se volta contra nós, dívidas, inimizades, relacionamento que começa a naufragar, desemprego, doenças, etc. Tudo começa a ficar estranhamente sem sentido, então nós nos perguntamos: por quê tudo isso? Olha, poderia te apresentar uma dezena de respostas, desde as mais científicas e exatas que poderiam apontar para um descaso de sua parte, até as mais esotéricas que apontariam a inveja, o olho gordo e outros sortilégios.

Mas, o que interessa para você nesse momento de dor: saber o porquê ou resolver o problema? A minha inteligência insiste em dizer que você vai optar pela solução do problema, e a solução do problema passa pela disposição de fazer mudanças, às vezes radicais, na sua maneira de agir e viver até agora. Acredite, toda dor é causada em grande parte por nossos próprios atos, seja pela invigilância, pelo descuido, pela boa fé, e as vezes até para tirar partido de uma situação, aquela em que você acredita piamente que está levando vantagem e vai ser depenado.

Pare tudo. Pare as queixas, as lamentações e veja onde você anda pisando.

Nos relacionamentos, por exemplo, você acredita em tudo que te dizem? Acredita em amor virtual? Acredita em alma gêmea e amor único? Abre mão da sua vida para atender os caprichos dos outros? Anda se preocupando mais com os outros que com a sua própria vida? Faça a listinha do que você anda fazendo de errado e prometa uma mudança e esforce-se para mudar esses pontos que só trazem desgosto. No campo financeiro, será que você não anda gastando além dos limites? Será que você não anda comprando pela empolgação? Faça a lista de quantos aparelhos você comprou e nunca usou. Quantos CD's que você mal ouviu? Quantos sapatos que já saíram de moda e eram somente para uma estação? Quantos arrependimentos você já contou esse mês? No campo espiritual, e esse é o mais importante de todos, me conta: quanto tempo você tem dedicado à Deus? Quanto tempo você se envolve com a sua religiosidade? Você tem freqüentado a sua Igreja com regularidade, ou você nem sabe o que é uma igreja há muitos anos? Sua conversa com Deus tem sido um eterno pedir, pedir e pedir? Faça essa análise e você terá a resposta para a maioria das dores que você vem enfrentando na sua vida.

Você tem coragem para tantas coisas, você quer tantas coisas então não tenha vergonha de admitir que tem errado tantos fatos na sua vida e que você precisa de uma ajuda "acima dos homens", "acima da vida". Peça sinceramente, com o seu coração, uma oportunidade para "renascer com Jesus", para ter um "encontro verdadeiro com Ele".

Você vigia os seus erros, apóia-se em Jesus e nada, nada te faltará. Faça as contas, verifique os erros e mude. Mude tudo o que for necessário. Não importa a dor que vai causar no seu orgulho, importa sim a sua libertação para uma vida plena e cheia de abundância.

Pense nisso!

Texto: Paulo Roberto Gaefke

Nenhum comentário:

Postar um comentário